Autoescola é multada por aula ‘fantasma
9 de agosto de 2017 289 Visualizações

Autoescola é multada por aula ‘fantasma

Uma autoescola localizada na rua General Glicério, em Rio Preto, foi autuada por agentes do Detran na noite de terça-feira, dia 8, por suspeita de falsificação de dados de aulas. O crime será investigado pela Polícia Civil. O Detran não informou o valor da multa.

Segundo informações do boletim de ocorrência, quando os agentes do Dentran chegaram repentinamente ao local, descobriram que constava no sistema eletrônico que, naquele momento, deveria estar no local um  aluno para aulas de carro e moto.

Na vistoria na autoescola, os agentes constataram que apesar de as aulas estarem em andamento, conforme dados do sistema eletrônico de monitoramento, os veículos e o instrutor estavam parados.

O delegado de plantão na Central de Flagrantes, Hélio Fernandes dos Reis resolveu autuar o instrutor de aulas pelo crime inserção de dados falsos no sistema.

O caso será apurado pelo Detran, que vai abrir sindicância para apurar suspeita de irregularidades nas aulas. Caso sejam constatadas ilegalidades, a autoescola poderá ser descredenciada do serviço de aulas para emissão de CNH.

 

Anterior Fotografo é vítima de estelionato
Next Casal de ladrões invade residência de comerciante e rouba 35 mil em dinheiro, carro e outros objetos

Você pode gostar também

Primeira Página

Em carta, Palocci pede desfiliação do PT: ‘Somos um partido ou uma seita guiada por uma pretensa divindade?’

Político foi preso pela Operação Lava Jato e respondia a processo administrativo da legenda, por falas feitas contra o ex-presidente Lula.   O ex-ministro Antônio Palocci enviou nesta terça-feira (26),

Policial

Operação Policial detém dois menores por tráfico de drogas em terreno no bairro São Salvador

Integrantes da equipe do Canil, os Policiais Militares, cabos Anderson e Ederson, apresentaram na delegacia os menores R.L.S., 14 anos, morador no bairro Pereira e S.R.S., 17 anos, morador no

Primeira Página

Pastor chama a polícia para denunciar furto, mas é ele que vai para a cadeia

Um pastor de 43 anos chamou a polícia para denunciar um furto em sua casa, mas foi ele que acabou sendo preso. O caso aconteceu na tarde de domingo, dia 18,