Corpo de jovem desaparecida é encontrado na zona rural de Frutal
2 de novembro de 2017 25290 Visualizações

Corpo de jovem desaparecida é encontrado na zona rural de Frutal

Corpo de Kelly Cadamuro estava em uma área rural próxima a uma usina, entre Frutal e Itapagipe

(Kelly Cadamuro desapareceu na noite de quarta-feira, dia 1°, após dar carona a um rapaz) Polícia Militar localizou na tarde desta quinta-feira, 2, o corpo da vendedora Kelly Cadamuro, 22 anos,em uma área rural próximo a uma usina entre Itapagipe e Frutal. A perícia foi acionada para comparecer ao local.

De acordo com o major Ivanildo Gomes dos Santoscomandante da 4ª companhia da Polícia Militar em FrutalKelly foi encontrada seminua às margens de um córrego. “Agora estamos mobilizados, junto à Polícia Militar do Estado de São Paulo, nas buscas pelo autor desse crime”, afirmou.

A jovem estava desaparecida desde a noite de quarta-feira, 1º, quando saiu em viagem de Rio Preto para Itapagipe,para visitar o namorado, o engenheiro civil Marcos Antônio da Silva. O carro dela foi encontrado depenado na manhã desta quinta-feira entre as cidades de Mirassol e Mirassolândia.

Kelly participava de um grupo de caronas entre pessoas que viajam deRio Preto a Itapagipe. Na última quarta-feira, iria dividir os gastos da viagem com um rapaz que teria conhecido nesse grupo. De acordo com a família, ela pegaria o rapaz próximo à Praça Cívica, em Rio Preto, e seguiriam para Itapagije. 

VEJA UM VÍDEO DO FATO NOTÍCIADO NA TV

O último contato da vendedora com a família foi às 19h de quarta, quando parou para abastecer o carro em um posto de combustíveis próximo a Nova Granada. Desde então, não estabeleceu mais nenhum contato com familiares.

Imagens gravadas pelo circuito interno de uma praça de pedágio em Fronteira (MG) mostram o momento em que Kelly passa com o carro sentido aMinas Gerais. Mais tarde, o carro volta, desta vez sem a vendedora e com um homem dirigindo.


ENTENDA O CASO…

DESAPARECIDA! Família procura jovem que viajou para Itapagipe

Kelly Cadamuro sumiu após dar carona para um rapaz que pediu carona perto da Praça Cívica em Rio Preto.

A polícia da região está mobilizada à procura da vendedora Kelly Cadamuro, 22 anos, que está desaparecida desde o início da noite de quarta-feira, dia 1º. A jovem sumiu quando estava em viagem de Rio Preto para Itapagipe (MG). O carro dela foi encontrado depenado na manhã desta quinta-feira, dia 2, entre as cidades de Mirassol e Mirassolândia. 

O cunhado de Kelly, Danilo Albertone Ribeiro, afirma que a jovem participa de um grupo de WhatsApp, para dar caronas às pessoas que viajam de Rio Preto a Itapagipe. Kelly sempre vai para cidade mineira, onde mora seu namorado.

“Minha cunhada deu carona para uma pessoa do grupo. Era um rapaz que se identificou como João. Ela nos contou que iria pegar este rapaz que pediu carona, lá perto da Praça Cívica e seguiu viagem. O último contato foi quando ela estava perto de Nova Granada, às 19h. Ela estava em um posto abastecendo, depois nunca mais”, disse Danilo.

O que mais preocupa a família é que o celular de Kelly está desligado desde às 20h e ninguém ter informações sobre o homem que pegou carona.

A única pista que a família tem são as imagens gravadas pelo circuito interno de um pedágio de Fronteira (MG). As policias rodoviárias estadual e federal estão fazendo buscas pela jovem.

Buscas

Além da polícia, familiares e amigos estão mobilizados nas buscas pela vendedora. “Todo mundo está ajudando”, disse o engenheiro civil Marcos Antônio da Silva, namorado de Kelly. Ele faz um apelo para que, quem souber sobre o paradeiro da jovem, entre em contato com a polícia. “Queremos encontrá-la o mais rápido possível”.

Quem tiver alguma informação sobre Kelly pode acionar a Polícia Militar pelo telefone 190 ou a Polícia Civil, pelo telefone 197. As ligações são gratuitas.
Fonte: Diário da Região

Fonte: olimpia24horas.com.br

Anterior DESAPARECIDO: Família procura jovem
Next BARRETOS: Homem é preso em flagrante furtando interior de veículo na UPA

Você pode gostar também

Cidade

ARAÇATUBA: Ladrões invadem Apae e furtam equipamentos

Associação estima que o prejuízo seja de R$ 20 mil Ladrões invadiram a sede da Apae em Araçatuba (SP) e levaram vários objetos do local. A ação foi durante a

Cidade

REGIONAL: Aposentado é agredido por moradores suspeito de estuprar menor em Rio Preto

Moradores do bairro Parque das Aroeiras agrediram homem, que nega o estupro. Um aposentado de 67 anos foi agredido por moradores do bairro Parque das Aroeiras, em São José do

Cidade

ESTADO: Com maior índice em 3 anos, latrocínio preocupa a polícia do estado de São Paulo

Segundo o Instituto Sou da Paz, 20% das vítimas eram idosas e metade morreu em assaltos a residência O latrocínio voltou a preocupar a polícia de São Paulo em 2017.

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta