REGIÃO: Sargento morto no combate a incêndio em loja estava de folga: ‘Muito dedicado ao trabalho’
15 de abril de 2019 538 Visualizações

REGIÃO: Sargento morto no combate a incêndio em loja estava de folga: ‘Muito dedicado ao trabalho’

Sargento Júlio César Delfino foi soterrado após teto de loja no Centro de Araçatuba (SP) desmoronar. Corpo foi enterrado no Cemitério Recanto da Paz; vítima deixa esposa e duas filhas.

O sargento Júlio César Delfino, que morreu durante o combate a um incêndio em uma loja, em Araçatuba (SP), estava de folga na sexta-feira (12), mas acabou sendo chamado devido à intensidade das chamas.

“Ele era muito querido por todos nós. Um excelente profissional que se dedicava muito ao trabalho. Tanto é que ele se comprometeu a ir nessa ocorrência”, afirma o major Nilton Cesar Pereira.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima, de 35 anos, ficou presa nos escombros após parte do teto do comércio desabar.

“Uma perda irreparável. A família perdeu um pai, um marido dedicado, que era muito amado. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estão de luto”, diz o coronel Marcelo Viera Salles.

Enterro
O corpo do sargento foi enterrado no fim da tarde de sábado (13), no Cemitério Recanto da Paz, em Araçatuba.

Autoridades militares, civis, familiares, amigos e até moradores da cidade velaram o corpo do bombeiro no batalhão da corporação. O ginásio ficou lotado de pessoas que queriam se despedir dele.

Um culto evangélico foi realizado em meio à comoção. O sargento trabalhava como bombeiro há oito anos. Ele deixa esposa e duas filhas, uma de 2 e outra de 6 anos.

Depois das 16h, o corpo foi levado pelo caminhão dos bombeiros e um cortejo se formou até o cemitério municipal. O sargento foi enterrado sob aplausos e homenageado por colegas com uma salva de tiros.

Fonte: G1

Anterior SEVERÍNIA: Desaparecimento de homem deixa família apavorada que pede ajuda de todos da região
Next REGIÃO: Homem agride policiais e é preso por desacato nos Campos Elíseos

Você pode gostar também

Policial

Mulher é esfaqueada na frente da filha de 4 anos.

Uma das filhas da vítima, de apenas quatro anos, presenciou o crime Uma mulher de 30 anos foi encontrada morta na sala da própria casa, no Jardim Salgado Filho, zona

Barretos

BARRETOS: Vítima tem dinheiro e celular furtados em sua casa quando recepcionava conhecidos

Na delegacia esteve a vítima G.L., 45 anos, morador na Avenida 33, bairro Santana, e ele informou que estava em sua casa, na companhia de alguns homens e algumas mulheres

Policial

Operador de máquinas diz ter sido agredido por seguranças da SANTA CASA

Um homem de 30 anos, operador de maquinas, morador na Rua Urbano de Brito, bairro Henriqueta e que se identificou como I.S.N., alegou no Plantão Policial ter sido agredido por

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta