‘Procurava perfeição, mas deu errado’, diz 2ª mulher a se queixar de queimaduras após pagar por bronzeamento
18 de outubro de 2017 1983 Visualizações

‘Procurava perfeição, mas deu errado’, diz 2ª mulher a se queixar de queimaduras após pagar por bronzeamento

Cliente diz que sofreu ferimentos após aplicação de produto em Jaboticabal, SP. Polícia Civil deve fazer perícia nos cosméticos usados por esteticista.

Mulher mostra a pele dos seios e do colo queimada após bronzeamento (Foto: Alexandre Sá/EPTV)

Mulher mostra a pele dos seios e do colo queimada após bronzeamento (Foto: Alexandre Sá/EPTV) Após ficar com o corpo queimado por causa da aplicação de uma fórmula para bronzeamento, uma moradora de Jaboticabal (SP), que prefere não se identificar, diz estar arrependida. O sonho do bronzeado perfeito acabou mal para a mulher, submetida ao procedimento no dia 9 de outubro.

Ela apresentou queimaduras de segundo grau semelhantes às da modelo Aline Borges, de 28 anos, que pagou pelo mesmo serviço um dia antes. As duas dizem acreditar que foram vítimas de cosméticos sem procedência, utilizados pela esteticista Joice Radaeli.

“É difícil, porque a gente procura a perfeição, mas deu errado”, diz a cliente, que ainda sente dores causadas pela reação ao produto.

Procurada, Joice não foi encontrada para comentar o assunto. Sobre o caso de Aline, ela afirma que houve um acidente porque foi necessário trocar o produto. À polícia, a esteticista disse ainda que a cliente ficou mais tempo exposta ao sol do que o recomendado.

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investiga o caso por lesão corporal culposa. De acordo com a delegada Andrea Cristiane Fogaça de Souza Nogueira, os produtos usados foram solicitados à esteticista e deverão passar por perícia.

Mulher mostra manchas causadas pelas queimaduras na pele, em Jaboticabal, SP (Foto: Alexandre Sá/EPTV)

Mulher mostra manchas causadas pelas queimaduras na pele, em Jaboticabal, SP (Foto: Alexandre Sá/EPTV)

Bronzeado dos sonhos

A cliente afirma que passou a sentir ardência no corpo um dia depois da aplicação. Ao procurar ajuda médica, ela foi diagnosticada com graves queimaduras nas pernas, no colo e no tórax e infecção urinária. Ela suspeita que o creme bronzeador tenha sido o responsável pelo problema.

“Eu nunca tinha ido, eu não sabia nem o que era. Eu acho que foi mesmo o produto”, diz. Durante o procedimento, tiras de fita isolante recortadas no formato de biquíni são coladas na pele, e o produto é aplicado na sequência. Segundo a delegada, Joice contou que a frente do corpo deve ficar exposta ao sol por 40 minutos. Depois a cliente é colocada de costas na maca por mais 40 minutos.

Macas usadas para exposição das clientes ao sol em Jaboticabal, SP (Foto: Alexandre Sá/EPTV)

Macas usadas para exposição das clientes ao sol em Jaboticabal, SP (Foto: Alexandre Sá/EPTV)

A mulher afirma que chegou a desconfiar das condições do estabelecimento, mas que acabou ignorando a situação precária. As macas para o bronzeamento ficam expostas no quintal do imóvel, que também é a residência de Joice. Nesta segunda-feira (16), a Vigilância Sanitária de Jaboticabal fez a interdição parcial da casa, uma vez que o local não tem autorização para funcionar como salão de estética.

“Eu fiquei meio cismada, mas já estava ali e acabei fazendo. No dia que eu fui tinha umas sete mulheres. É meio precário lá.”

Com o corpo cheio de manchas e ainda com dor, a mulher se diz arrependida de ter feito o procedimento. “Acredito que algumas dessas marcas ficarão para sempre. Eu estou muito arrependida, sinto muita dor no corpo, mais nas pernas e na virilha. Eu tive infecção urinária.”

Caso de polícia

Ao procurar a polícia, a modelo Aline Borges, que também sofreu queimaduras, disse que Joice garantia ser a responsável pela produção do bronzeador aplicado nas sessões. A esteticista, no entanto, negou fabricar qualquer fórmula para bronzear as mulheres.

“Ela não apresentou o produto. Nós já pedimos, e ela ficou de apresentar. Ela falou que compra esses produtos em casas comerciais da cidade e que são esses produtos que ela aplica nas clientes. Ela não falou se faz algum tipo de mistura com esses produtos. Ela não fabrica, diz que compra”, diz a delegada.

A esteticista Joice Radaeli nega que tenha fabricado produto usado no bronzeamento em Jaboticabal, SP (Foto: Alexandre Sá/EPTV)

A esteticista Joice Radaeli nega que tenha fabricado produto usado no bronzeamento em Jaboticabal, SP (Foto: Alexandre Sá/EPTV

FONTE:  www.g1.com.br

Anterior NOTICIAS POLICIAIS: Força Tática prende dois por tráfico e apreende quase meio quilo de drogas e três mil reais em dinheiro
Next FRANCA: Assaltantes roubam joalheria e são presos durante parada em pedágio

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Cidade

RJ: Mulher encontra bala perdida dentro de pão

Segundo jovem, houve intensa troca de tiros na região onde é localizado o estabelecimento A gerente de uma lanchonete no bairro do Fonseca, em Niterói, na Região Metropolitana, foi surpreendida

Cidade

REGIÃO: Prefeitura de Ribeirão Preto faz empréstimo de R$ 37 milhões para garantir obras de mobilidade do PAC 2

Valor será usado como contrapartida para recebimento de R$ 310 milhões destinados desde 2013. Prefeito diz que túneis, viadutos e pontes nas principais vias serão concluídos até 2020. O prefeito

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta