JUSTIÇA: Ministério Público do Trabalho processa SBT por violação da honrhttps://agazetadebarretos.com.br/wp-admin/post-new.phpa de Maisa
30 de setembro de 2017 915 Visualizações

JUSTIÇA: Ministério Público do Trabalho processa SBT por violação da honrhttps://agazetadebarretos.com.br/wp-admin/post-new.phpa de Maisa

Emissora pode ser condenada a condenada a pagar uma multa de R$ 10 milhões por danos morais coletivos

Dudu Camargo, Silvio Santos e MaisaDudu Camargo, Silvio Santos e Maisa

Depois de receber diversas denúncias após as polêmicas envolvendo o constrangimento de Maisa Silva quando Silvio Santos tentou forçar uma aproximação dela com Dudu Camargo no “Programa Silvio Santos” neste ano, o chute que a assistente de palco Milene Pavorô levou do apresentador do “Programa do Ratinho”, em 2016, o Ministério Público do Trabalho de São Paulo processou o SBT por “violações à intimidade, à vida privada, à honra, à imagem de seus empregados e discriminação de gênero”.

Segundo o “UOL”, na ação, o MPT-SP pede que a emissora seja condenada a pagar uma multa de R$ 10 milhões por danos morais coletivos. Em nota, o Ministério informou que reprova as cenas que violaram a dignidade de Maisa e Milene. “Isso porque numa relação de trabalho, a existência de subordinação jurídica do empregado não implica que ele tenha de se sujeitar a quaisquer tipos de ordens do empregador, pois o poder de direção não é ilimitado”, diz uma nora oficial.

Além do pagamento multa, a ação ajuizada pelo procurador Gustavo Accioly solicita que a empresa tome providências para que não mais sejam permitidas condutas que “submetam seus empregados a situações vexatórias”. O procurado solicita ainda que seja feita uma retratação no “Programa Sivlio Santos”, por meio de seu apresentador, em relação ao caso de Maisa e que um comunicado seja emitido após o fim dos dois programas citado na ação, com a seguinte mensagem: “a emissora respeita os direitos da personalidade, a dignidade, a intimidade, a honra, a vida privada, a imagem e a integridade física e mental dos trabalhadores, bem como repele qualquer violência ou discriminação contra a mulher ou outro fator injusto de discriminação, garantindo-lhes tratamento respeitoso e digno”.

FONTE: JORNAL DA FRANCANA

Anterior REGIÃO: Polícia investiga estupro de criança de 4 anos
Next ARARAQUARA: marido arranca parte do dedo da mulher no dente!

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Primeira Página

Detran.SP: Dez atitudes que fazem você perder a CNH sem chegar aos 20 pontos

Alerta sobre infrações que levam, sozinhas, à suspensão da Carteira Nacional de Habilitação   Desde o último dia 1º de novembro, estão valendo as novas regras do Código Brasileiro de

Policial

Polícia Rodoviária apreende veículo furtado que havia sido alugado em Campinas

Os Policiais Militares Rodoviários, cabo Leandro e soldado Leonardo, estiveram no Plantão Policial informando que foram alertados pelo COPOM on-line, de que o veículo Voyage, ano 2017, prata, fora flagrado

Primeira Página

Violência doméstica, ameaça e lesão corporal no bairro Dom Bosco

No Plantão Policial estiveram as vítimas C.R.C., mulher, 41 anos, moradora no bairro Dom Bosco, T.P., mulher, 36 anos e seu marido N.R.C., 42 anos, ambos oradores no Conjunto Luís

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta