MG: Fim dos tempos Pai mata o filho com disparo de arma de fogo, após discussão em Frutal
16 de junho de 2021 1396 Visualizações

MG: Fim dos tempos Pai mata o filho com disparo de arma de fogo, após discussão em Frutal

Um homicídio foi registrado no bairro Alto Boa Vista na cidade de Frutal/MG.

De acordo com o que foi apurado até o momento, o pai matou o filho baleado. O crime aconteceu na rua Santo Minaré altura do número 894.

A vítima Clediomar Jerônimo da Mata, 47 anos, levou um tiro na cabeça após uma discussão com o pai que tem 77 anos. O crime aconteceu por volta de 8:20 da manhã desta quarta-feira (16).

Relato de uma testemunha informa que o idoso cometeu o crime porque tinha medo de morrer. A filha do suspeito foi quem acionou a polícia.
Mais informações em breve.

Fonte/Imagens: Pontal Online

Anterior BARRETOS: Polícia prende dois homens por receptação, associação criminosa e adulteração de motor
Next BARRETOS: Desempregado é preso com cocaína e maconha no bairro Luís Spina

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Política

O vereador francano Adérmis Marini (PSDB) poderá ser convocado para reassumir o mandato de deputado federal

Após posse de Bolsonaro, Adermis poderá reassumir cadeira como deputado federal, a vaga poderá surgir com convocação de Floriano Pesaro para a Secretaria Nacional de Assistência Social O vereador francano

Política

ELEIÇÕES: ELEITOR TEM 30 DIAS PARA TRANSFERIR O TITULO ELEITORAL

O prazo para procurar uma unidade da Justiça Eleitoral é 9 de maio. Cerca de 8 milhões de eleitores (5,4% do total) costumam justificar a ausência durante as eleições. Os

Policial

BARRETOS: Suspeita de liderar fraude nos holerites, ex-secretária é presa em São Carlos

­Gaeco e Polícia Civil dizem que Adriana Nunes Ramos Soprano e o marido, preso na Operação Partilha, lideraram esquema que desviou R$ 11 milhões dos cofres públicos. Suspeita de liderar

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta