BEBEDOURO: Morre idoso levado à UPA no chão de perua da prefeitura de Bebedouro, SP
21 de dezembro de 2017 382 Visualizações

BEBEDOURO: Morre idoso levado à UPA no chão de perua da prefeitura de Bebedouro, SP

Aposentado com hipertensão arterial e diabetes sofreu parada cardíaca, após ser socorrido em viatura sem maca e equipamentos. Vizinhos reclamam de falta de ambulâncias no município. 

Depois de esperar quatro horas por uma ambulância e ser transportado no chão de uma perua Kombi da Prefeitura de Bebedouro (SP), o aposentado Antônio Pereira Bento, de 72 anos, sofreu uma parada cardíaca e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A morte foi confirmada pela Funerária Bebedouro na manhã desta quinta-feira (21). Bento sofria de hipertensão arterial e diabetes. A administração municipal chegou a divulgar um boletim informando que ele havia sido medicado e que a diabetes estava “controlada”.

Mas, o idoso sofreu uma parada cardíaca às 23h de quarta-feira (20) e não resistiu. No atestado de óbito, consta como causa da morte parada cardiorrespiratória e diabetes mellitus com cetoacidose, quando o nível de glicose no sangue encontra-se muito elevado.

O corpo de Bento está no Velório Municipal de Bebedouro e o enterro está previsto para acontecer às 17h desta quinta-feira.

Procurada pelo G1 nesta quinta-feira, a Prefeitura de Bebedouro negou ter recebido solicitação de ambulância para socorrer o idoso e voltou a alegar que o Departamento de Saúde “não autorizou este tipo de transporte”.

“A diretoria de Saúde sempre requisita ambulâncias, quando necessário até de convênio particular, mas sempre resolve as solicitações”. diz o comunicado.

O caso

Bento começou a sentir-se mal na madrugada de quarta-feira. Por volta de 9h, os vizinhos fizeram a primeira ligação à unidade de saúde, solicitando uma ambulância para transportá-lo, mas foram informados que não havia viaturas disponíveis.

A dona de casa Sandra Regina Fidelis contou que o mesmo pedido foi negado pela Guarda Civil Municipal e pelo Corpo de Bombeiros, que estava socorrendo as vítimas de um acidente na rodovia. Após muita insistência, uma enfermeira foi até a casa do idoso.

Sandra afirmou que a servidora constatou a necessidade da ambulância e ligou para o Departamento de Saúde. Entretanto, uma perua Kombi da equipe da Vigilância em Saúde, sem maca e aparelhos de primeiros socorros, foi enviada ao local.

Em um vídeo publicado pelos moradores no Facebook, é possível ver o aposentado sendo carregado enrolado a um lençol. Ele é colocado no chão da perua, que está forrado com cobertores e travesseiros dos próprios vizinhos.

“É um descaso. Tem carro que fica parado dentro do postinho, só que precisa de autorização para poder levar. Sem autorização, eles não levam e, por isso, não levaram ele. A gente fica indignada. A saúde está péssima”, desabafou Sandra na quarta-feira.

Fonte: G1

Anterior REGIÃO: Quadrilha rende motorista e rouba carga de R$31 mil em Ribeirão Preto
Next REGIÃO: Bancário é preso com ecstasy e maconha

Você pode gostar também

Policial

BARRETOS: Ladrões armados invadem rancho, rendem família e roubam motor, canoa, arma e outros objetos

O senhor A.C.M., 67 anos, morador na Avenida Olímpia, bairro Marília, esteve na delegacia afirmando que estava em seu rancho, (no Delfino), em companhia do R.G.S.J., 38 anos e da

Policial

Apreensão de documento falso

No Plantão Policial estiveram os Policiais Militares Rodoviários, cabos Alves e Henrique, noticiando que eles realizavam patrulhamento de rotina PELA Rodovia Brigadeiro Faria Lima, quando avistaram um caminhão Mercedes Benz,

Policial

REGIÃO: Vítima troca chip de celular e ladrões desviam dinheiro de conta

I.C.C., 56, morador no Jardim Alto Rio Preto, procurou a Central de Flagrantes, na tarde de ontem, para registrar ocorrência de furto. Segundo ele, no final da tarde do último

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta