BARRETOS: Instituto O Amor precisa de ajuda financeira para fabricar fraldas geriátricas
25 de junho de 2021 553 Visualizações

BARRETOS: Instituto O Amor precisa de ajuda financeira para fabricar fraldas geriátricas

Os responsáveis pelo Instituto O Amor, que fabrica fraldas geriátricas para idosos acamados, lançaram campanha no município, solicitando a ajuda financeira da população, para dar sequência ao trabalho de fabricação. Segundo o instituto, “os insumos e a fabricação demanda esforço financeiro de nossa instituição, de amigos e empresas parceiras, e por conta desse esforço e dificuldades em captar recursos, nem sempre conseguimos fabricar o que a gente gostaria”. “Por isso, contamos com você para nos ajudar a cumprir com essa missão: a de ajudar a fabricar e doar a essas inúmeras famílias fraldas geriátricas. Atendemos famílias que dependem desse item de primeira necessidade para seus idosos acamados”. A colaboração financeira pode ser feita da seguinte forma:

Pix de Amor: 17. 961.032/0001-56 – Instituto O Amor.

 

Anterior BARRETOS: Sepultamento desta Sexta-feira(25/06/2021)
Next BARRETOS: Dupla é presa por furto de motor de barco

Você pode gostar também

Barretos

BARRETOS: Idosa se depara com ladrão dentro de sua casa durante a madrugada

A senhora L.R., aposentada, 79 anos, moradora no bairro São Judas Tadeu, foi até a delegacia e informou que ela estava em sua casa, juntamente com sua neta M.V.M.M.L., estudante,

Policial

BARRETOS: Caminhão é incendiado no bairro Dom Bosco

A ocorrência foi apresentada pelos Militares, cabos Marcelino e Monteiro, os quais informaram que por volta das 2h10, foram acionados a comparecerem até a Avenida Sebastião Monteiro de Barros, bairro

Barretos

BARRETOS: Após esfaquear duas pessoas homem é “linchado”

O indiciado C.F.D., 28 anos, morador no bairro Luís Spina, foi preso pelos Militares, cabos Cantarim e Marcelino, pelo crime de tentativa de homicídio, tendo como vítimas o desempregado P.R.O.S.,

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta