Vítima de assalto, garçom percebe que arma era de brinquedo, reage e a toma do ladrão
5 de julho de 2017 3027 Visualizações

Vítima de assalto, garçom percebe que arma era de brinquedo, reage e a toma do ladrão

Os Policiais Militares, cabos Silvério e Medeiros, noticiaram no Plantão Policial que eles foram acionados a comparecerem até a Rua 36 entre as Avenidas 01 e 03, bairro Rios, onde mantiveram contato com a vítima W.F.A., 28 anos, garçom, e ele informou ter sido abordado por dois indivíduos, aparentemente adolescentes, e um deles portava um simulacro de arma de fogo, tipo pistola, e apontando o simulacro para a vítima o indivíduo disse que se tratava de um assalto, exigindo que a vítima lhe entregasse o aparelho celular.

A vítima percebeu que o indivíduo tremia muito e ao ter a certeza de que se tratava de um simulacro de arma de fogo, ele tomou o objeto do assaltante, ocasião em que os dois indivíduos saíram correndo, tomando rumo ignorado.

Os dois indivíduos foram descritos como pardos, sendo que o que estava armado tinha o cabelo raspado e usava blusa preta, enquanto o outro usava blusa vermelha.

A arma de brinquedo foi apreendida e o caso encaminhado ao setor de investigação.

 

Anterior Vingança acaba em tentativa de homicídio em Guaíra
Next Jardineiro é preso por tráfico de drogas em Colina

Você pode gostar também

Barretos

BARRETOS: Policia prende homem por tráfico e localiza dinheiro e pé de maconha em residência no bairro Santa Cecília

Os Policiais Militares, tenente Luiz Neto e cabo Vasconcelos, prenderam no bairro Santa Cecília o auxiliar de serviços gerais D.J., 27 anos, morador na Avenida 13 de maio, bairro Santa

Barretos

BARRETOS: Estruturas metálicas são furtadas em galpão no bairro América

No Distrito Policial esteve o comerciante D.M.M.N., 40 anos, morador no bairro Aeroporto, e ele relatou que é proprietário de um galpão situado a Avenida 13, bairro América, e no

Barretos

BARRETOS: Aposentada é ameaçada em sua residência na Avenida 11

Uma senhora de 66 anos, aposentada, moradora na Avenida 11, centro da cidade, relatou na delegacia que entre os dias 10 e 12 de março de 2018, ela permitiu que