7 de junho de 2017 0 261 Visualizações

Violação de domicilio e dano no Jardim dos Coqueiros

Uma mulher de 46 anos, morador ano Jardim dos Coqueiros e que se identificou como M.R.O., esteve na delegacia e informou que foi casada com o comerciante R.J.D., 40 anos, pelo período de 22 anos, tendo três

filhos deste relacionamento, estando o casal separados há cerca de 7 anos.

Disse a vítima que através das redes sociais, ela veio a se desentender com sua ex-sogra e depois disso o seu ex-sogro telefonou para uma de suas filhas e a xingou com palavras grosseiras e de baixo calão.

No dia seguinte seu ex-marido foi até a sua residência, arrombou o portão do e invadiu o imóvel, danificou o motor do portão eletrônico, quebrou a máquina de lavar roupas, a porta do armário do balcão, o guarda roupas, o vidro do aparadouro e a caixa de som de seu veículo.

Ainda de acordo com a vítima, depois disso o homem ainda ofendeu sua mãe com diversas palavras de baixo calão, mas a mesma não quis comparecer até a delegacia para registrar os fatos, sendo a vítima orientada sobre prazo e trâmite para representar contra o autor, tendo ela manifestado interesse em processar criminalmente seu ex-marido, e como representante legal de sua filha ela não pretende representar contra seu ex-sogro.

Fonte: Mazinho Dias

Anterior Mulher é agredida, ameaçada e roubada no centro da cidade
Next Furto em residência no bairro Clementina

Você pode gostar também

Barretos

Homicídio no bairro Sumaré em Barretos

Uma mulher de 45 anos, identificada como Maria Cristina Vieira de Souza, moradora na Rua Aniz José Abdo, bairro São Judas Tadeu, foi vítima de assassinato na manhã desta terça

Barretos

BARRETOS: Furto em rancho no Rio Pardo

O aposentado J.U.S., 64 anos, morador no bairro São José, noticiou na delegacia que ele tomou conhecimento através de seu vizinho, que seu rancho, situado às margens do Rio Pardo,

Primeira Página

Equipe do canil localiza drogas em terreno no bairro Santana

A equipe do Canil da Policia Militar, composta pelos cabos Rogério, Fábio e Joaquim, além da cadela Luma, realizavam patrulhamento pelas ruas do bairro Santana, quando na Avenida 49 com