Vigilante diz ter sido ameaçado com uma arma quando foi acertar sua rescisão de trabalho
2 de junho de 2017 1860 Visualizações

Vigilante diz ter sido ameaçado com uma arma quando foi acertar sua rescisão de trabalho

O vigilante T.J.S.L., 33 anos, informou que trabalhou em uma empresa de monitoramento na função de vigilante/controlador de acesso, com registro em carteira pelo período de apenas quatro meses, cujo contrato havia sido assinado no dia do registro da ocorrência.

No dia anterior a vítima havia pedido demissão do trabalho, sendo as contas somadas e a ele foi informado que ele teria a quantia de R$4.818.00 para receber e a rescisão seria elaborada no dia do registro da ocorrência.

Porém, segundo a vítima, quando ele esteve em outro estabelecimento, onde seria feita a rescisão, que também de propriedade do seu ex-patrão, lhe foi entregue alguns papeis para assinar e quando a vítima os verificou, para seu espantou, constatou que não tinha nada para receber, pois no acerto constava um valor pertinente ao conserto de um veículo da empresa, cuja alegação o vigilante alega ser inverídica.

Ainda de acordo com a vítima, ao se recusar a assinar os papéis, seu ex-patrão colocou uma pistola, de cor preta, em cima da mesa, e mandou ele assinar a documentação.

Se sentindo ameaçado, a vítima pegou os papeis e deixou o local, procurando a delegacia, onde foi orientado a ir até a Delegacia do Trabalho para resolver a rescisão trabalhista, bem como foi orientado sobre o trâmite e prazo, caso tenha interesse em representar contra o autor.

Fonte: Mazinho Dias

Anterior Estudante tem mala extraviada ao retornar de viagem internacional
Next Menores são detidos traficando drogas no bairro Dom Bosco

Você pode gostar também

Policial

NOTÍCIAS POLICIAIS:Homem agride mulher e ameaça jogar o carro em cima dela

Uma senhora de 53 anos, que se identificou como R.A.L.M., moradora no bairro Clementina, esteve na delegacia acompanhada por sua filha e informou que ela namorou o V.M.S., pelo período

Barretos

BARRETOS: Ladrões invadem e furtam armas, joias e outros objetos em residência no bairro Ibirapuera

Acionados pelo COPOM, os Policiais Militares, soldados Ferraz e Tavares, foram até a Rua 18, bairro Ibirapuera, onde mantiveram contato com a vítima R.A.S.C., 47 anos, representante comercial, o qual

Barretos

BARRETOS: Mulher registra queixa por apropriação indébita

Na delegacia esteve a autônoma L.G.R.P., 20 anos, moradora no bairro Derby Clube, e ela informou que conduzia o veículo Crossfox, ano 2005, cor verde, pela Avenida 7, sentido rodovia.

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta