SÃO PAULO: Pais encontram carne estragada, comprada para merenda, em cozinha de escola pública
28 de setembro de 2017 759 Visualizações

SÃO PAULO: Pais encontram carne estragada, comprada para merenda, em cozinha de escola pública

Pais encontram carne estragada, comprada para merenda, em cozinha de escola pública em SP

Secretaria de Educação investiga conduta de diretora e diz que alunos não foram prejudicados; segundo pais, freezer estava lotado de sorvete e carne ficou sem refrigeração.

Pais encontram mais de 42 kg de carne estragada em escola estadual de SP

Pais encontram mais de 42 kg de carne estragada em escola estadual de SP

 

Pais de alunos que frequentam a Escola Estadual Prudente de Morais, no Bom Retiro, no Centro de São Paulo, encontraram no colégio mais de 40 quilos de carne bovina, enviada para a merenda escolar, que ficaram sem refrigeração e estragaram. Agora, o material irá para o lixo, havendo desperdício.

Por volta das 7h de terça-feira (26), a Simone Pereira Cavalcante, mãe de um aluno e membro da Associação de Pais e Mestres, entrou na cozinha da escola, gravando tudo com o celular. Ela recebeu uma denúncia de funcionários e na cozinha encontrou sete caixas com seis quilos de carne, cada um em cima de uma bancada.

Os pacotes, com o selo de merenda escolar, foram entregues na terça-feira (26) e ficaram fora do freezer. Parte dos 42 quilos de carne já estava até mudando de cor e atraindo moscas quando foi encontrado pela mãe.

Simone chamou a Polícia Militar para servir como testemunha do ocorrido. “A escola já não dá muita alimentação e o que dá é desperdiçado”, diz ela.

A Direção da Escola confirmou que a carne estava fora do freezer e que iria para o lixo. Segundo a diretora da escola, o freezer da unidade não tem capacidade para armazenar toda a carne enviada pela Secretaria Estadual de Educação. Por isso, alguns alimentos têm de ser descartados.

Já os pais dizem que há outro motivo. Eles flagraram o freezer da escola cheio de caixas de sorvete que sobraram de uma festa na escola, há duas semanas.

A diretora da escola negou que o sorvete que sobrou tenha ocupado o lugar da carne. Segundo ela, a Secretaria de Educação já foi avisada sobre a falta de espaço no freezer, mas não resolveu o problema. Na manhã desta quinta-feira (28), a escola recebeu mais uma entrega de carne de porco.

Segundo a diretora da escola, a carne que ficou sem refrigeração não seria servida para os alunos. Mas, não disse o que fará com a carne de porco que chegou hoje, já que o freezer continua cheio.

A Secretaria Estadual de Educação abriu processo administrativo para investigar a conduta da diretora. E disse que a carne estragada foi descartada e substituída e a merenda dos alunos não foi prejudicada.

Escola tinha carne estragada (Foto: TV Globo/Reprodução)Escola tinha carne estragada (Foto: TV Globo/Reprodução)

FONTE: G1.COM

Anterior Mecânico é atingido por disparos de arma de fogo e Barretos chega ao 9º homicídio no ano
Next REGIÃO: Prefeitura de Ribeirão Preto faz empréstimo de R$ 37 milhões para garantir obras de mobilidade do PAC 2

Você pode gostar também

Educação

BARRETOS: Etecs oferece 600 vagas para cursos na cidade e região

O período de inscrição do processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) para o segundo semestre de 2019 está em aberto e vai até 15 de maio. Na região de

Educação

EDUCAÇÃO: Veja 5 distúrbios que podem prejudicar crianças na escola

Pais devem redobrar a atenção na vida escolar de seus filhos O início da vida escolar é um período delicado e que requer atenção especial dos pais, afinal, a criança

Educação

EDUCAÇÃO: Inscrições no Enem começam nesta segunda-feira

Inscrições estarão abertas até o dia 18 de maio; candidatos que pediram isenção da taxa de inscrição no Enem também devem se inscrever. As inscrições para o Exame Nacional do

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta