REGIÃO: Vereador de Guará é morto a facadas pela mulher
23 de novembro de 2017 1023 Visualizações

REGIÃO: Vereador de Guará é morto a facadas pela mulher

Corpo de Fabiano de Freitas Figueiredo (PMDB) foi encontrado no sítio da família. Segundo a Polícia Civil, mulher disse que assistia a MMA na TV, quando ouviu voz dizendo para matar o
marido.

vereador de Guará (SP) Fabiano de Freitas Figueiredo (PMDB) foi morto a facadas dentro do sítio onde morava na madrugada desta quinta-feira (23).

Segundo a Polícia Civil, a principal suspeita do crime é a mulher do parlamentar, Paula Freire Fernandes de Almeida Figueiredo, de 36 anos, que foi presa em flagrante.

O delegado Paulo de Castro Cervantes afirmou que a mulher faz tratamento contra depressão e contou aos policiais militares que ouviu uma voz dizendo para matar o marido.

A Polícia Militar informou que o crime foi comunicado pela sogra do vereador, que estava na casa da família, por volta de 3h. A idosa disse ter presenciado a filha esfaqueando o genro.

Uma equipe se deslocou ao sítio Rio Verde e encontrou o corpo de Figueiredo no chão da sala do imóvel. Ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ituverava (SP).

Ainda segundo o delegado, Paula permaneceu em silêncio na delegacia, mas disse aos PMs que assistia televisão durante a madrugada, quando ouviu uma voz dizendo para matar o marido, que estava dormindo. “Ela disse que estava assistindo a uma luta de MMA e uma voz disse para ela matar. Provavelmente, ela tem problemas psiquiátricos”, afirmou.

A mulher foi até a cozinha, pegou uma faca e golpeou o parlamentar várias vezes. A faca foi apreendida pela PM. A casa está sendo periciada na manhã desta quinta-feira.

“A sogra viu quando ela estava em cima dele dando as facadas. Ela tentou tirar a faca da mão da filha e acabou cortando o polegar. Todos já prestaram depoimento”, contou o delegado.

Cervantes disse que a mulher será levada a audiência de custódia e a Justiça deve decidir se ela ficará presa, ou será encaminhada para tratamento psiquiátrico.

O casal tem três filhos, de 9, 12 e 20 anos, que estavam no imóvel, mas não presenciaram o crime. Paula responderá por homicídio qualificado, por impossibilitar a defesa da vítima.

Figueiredo era comerciante e estava no terceiro mandato na Câmara de Guará. Em nota, a presidente do Legislativo, Fabiana Junqueira Seribeli (PSDB), manifestou condolências à família.

“Homem prestativo e generoso, no decorrer de sua vida pública sempre trabalhou para o desenvolvimento de nosso município”, diz o comunicado.

Fonte: G1

Anterior REGIÃO: Ossada humana é encontrada em terreno
Next REGIÃO: Homem espanca ex-mulher e atropela vizinhos

Você pode gostar também

Policial

REGIÃO: Empresário e jovem sequestrados são libertados após pagar resgate de R$ 371 mil

Comerciante, de 60 anos, e estudante, de 21, foram rendidos na saída de parque na zona sul e ficaram em poder da quadrilha por 5 horas. Polícia Civil tenta identificar

Policial

BARRETOS: Após acidente de trânsito, pastor registra queixa por injuria

O pastor F.C.C., 61 anos, residente na Rua 12, centro da cidade, esteve na delegacia noticiando que no dia 1º de abril, por volta das 11h40, ele se envolveu em

Policial

REGIÃO: Dupla é detida descarregando carga roubada em casa de prostituição

Os criminosos foram encontrados pela Polícia Militar na Rodovia Washington Luís (SP-310). Os objetos foram recuperados Dois homens foram presos descarregando um caminhão com carga roubada na Rodovia Washington Luís

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta