REGIÃO: Suspeito de atirar na ex e na namorada dela é preso
2 de agosto de 2018 1323 Visualizações

REGIÃO: Suspeito de atirar na ex e na namorada dela é preso

Polícia Civil diz que autônomo, de 31 anos, estava na casa de amigos e vai cumprir prisão preventiva. Ele também é suspeito de matar casal atropelado em março, ao dirigir bêbado e na contramão.

Suspeito de atirar na ex-mulher e na namorada dela em Pradópolis (SP), o trabalhador autônomo Josilon Pereira da Silva, de 31 anos, foi preso nesta quarta-feira (1º), escondido na casa de amigos em Luiz Antônio (SP), segundo informou a Polícia Civil.

Silva foi preso após a Justiça expedir um mandado de prisão preventiva, a pedido da Polícia Civil. Isso significa que ele deve ficar detido até o julgamento do caso. O trabalhador foi levado para a cadeia de Pradópolis e será transferido a uma penitenciária.

A Polícia Civil informou que Silva ainda não tem advogado constituído.

Ainda segundo a polícia, Silva também é suspeito de atropelar e matar um casal, enquanto dirigia alcoolizado e na contramão na Rodovia Deputado Cunha Bueno (SP-253), em março. Na época, ele chegou a ser preso em flagrante, mas depois foi liberado pela Justiça.

A ex-mulher de Silva e a namorada foram internadas na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE) em Ribeirão Preto (SP). A primeira, segue no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Já a segunda mulher recebeu alta na tarde desta quarta-feira (1º).

Atentado

De acordo com a polícia, Silva atirou nas duas vítimas no momento em que a ex-mulher chegava à casa dele, na tarde de terça-feira (31), para buscar um dos filhos do casal. A ex e a namorada dela foram atingidas pelos disparos ainda na calçada. Ele fugiu em seguida.

As duas mulheres foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas ao Pronto-Socorro Municipal. Devido à gravidade dos ferimentos – foram atingidas no peito e no ombro -, ambas foram transferidas ao HC-UE.

A assessoria do hospital informou que a ex-mulher de Silva segue internada no CTI, porque uma das balas ficou alojada no corpo da vítima. O estado de saúde é considerado estável. A namorada dela recebeu alta na tarde de quarta-feira.

O caso está sendo investigado como feminicídio.

Atropelamento fatal

Em março, Silva foi preso em flagrante após atropelar e matar um casalem uma moto, ao dirigir embriagado e na contramão pela Rodovia Deputado Cunha Bueno. Um vídeo feito por testemunhas do acidente mostra Silva visivelmente alcoolizado e ferido.

Nas imagens, ele tenta pedir desculpas, mas mal consegue falar. A Polícia Militar informou, na época, que o teste do bafômetro acusou 0,97 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Silva chegou a ser preso pela PM, mas acabou liberado pela Justiça posteriormente.

Fonte: G1

Anterior EMPREGO: VAGAS DISPONÍVEIS PARA HOJE 02/08/2018
Next BARRETOS: Menor é detido com drogas e dinheiro por Policiais do 1º Distrito

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Policial

BARRETOS: Acidente entre carro e caminhão provoca morte de advogado na Rodovia Assis Chateaubriand

O advogado Dr. Mario Francisco Montini de 56 anos, que morava em Olímpia, morreu depois de se envolver em um acidente na Rodovia Assis Chateaubriand, nas proximidades daquela cidade. Segundo

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta