REGIÃO:  Conselheiro é afastado por assediar menor
21 de novembro de 2017 812 Visualizações

REGIÃO: Conselheiro é afastado por assediar menor

Homem enviou mensagens com teor sexual a adolescente de 17 anos

A Justiça de Urupês afastou um conselheiro tutelar da cidade acusado de ter enviado mensagens com teor sexual para um rapaz de, na época, 17 anos. Em troca de favores sexuais, ele daria presentes, como roupas, dinheiro e celular. Liminar o afastava do cargo desde julho e agora tornou-se definitiva.

“Não há como deixar de reconhecer a incompatibilidade da conduta do requerido com o exercício da função de conselheiro tutelar”, afirmou a juíza Luciana Conti Puia Todorov, que julgou procedente a ação do Ministério Público (MP). Segundo ela, a função de conselheiro visa resguardar os direitos e interesses de menores, o que não estaria acontecendo.

Segundo depoimentos de testemunhas, quando o garoto tinha entre 14 e 15 anos a mãe encontrou mensagens do homem no celular do adolescente. Ela conversou com o réu, que parou de enviá-las. Quando o jovem fez 17 anos, novamente a mãe viu mensagens e foi até o Conselho Tutelar, onde foi orientada a procurar a polícia – o delegado e o escrivão são testemunhas no processo.

Em depoimento, o jovem disse à Justiça que conhecia o conselheiro desde pequeno e recebia elogios dele quando tinha menos de 13 anos – ele dizia que o menino era bonito. Na época, nada mais teria ocorrido.

Quatro testemunhas depuseram a favor do acusado, dizendo que há anos o conhecem, que ele convive com seus filhos, é respeitoso e uma boa pessoa, e que não houve reclamações.

Por determinação da Justiça, o conselheiro tutelar já estava afastado do cargo. O réu alega que as mensagens foram enviadas em novembro de 2015 e ele somente assumiu suas funções em 2016, não havendo, portanto, conduta incompatível. Ainda conforme sua defesa, não houve improbidade administrativa porque as conversas não tinham relação com a função pública, sendo privadas.

Na sentença não couberam as acusações de estupro, pois a vítima é maior de 14 anos, nem de prostituição, porque o réu não pretendia explorar o menor sexualmente com terceiros.

Paulo Agustinelli, advogado do conselheiro, não quis comentar o assunto, dizendo que não se manifestaria oficialmente sem autorização de seu cliente. O advogado da prefeitura de Urupês, Juliano Birelli, afirmou que a liminar, que havia sido expedida em julho, está sendo cumprida. “E cumpriremos qualquer decisão judicial que for proferida.” As partes ainda poderão recorrer da sentença.

Em 2012, o mesmo conselheiro tutelar perdeu o cargo porque ficou demonstrado que utilizava o computador do trabalho para acessar sites pornográficos.

Fonte: Diário da Região

Anterior DOCUMENTOS: Mudanças nas certidões de nascimento, casamento e óbito passam a valer nesta terça
Next REGIÃO: Bebê é internado com suspeita de intoxicação por maconha

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Policial

REGIÃO: Motorista desrespeita sinal, bate em ônibus e derruba portão de casa

Acidente ocorreu na manhã desta quinta-feira (7), nos Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto A família da secretária Caroline Avelar, 21 anos, acordou em sobressaltos com o estrondo de

Policial

BARRETOS: Vândalos depredam prédio da Unidade Básica de Saúde ao lado do C.S.U.

A funcionária pública municipal, J.F.O.V., 32 anos, informou na delegacia que ela atua como gerente na Unidade Básica de Saúde, Dr. Ally Alahmar, situada a Avenida João Cavalini ao lado

Barretos

BARRETOS: Motociclista sofre acidente em rotatória na Avenida Engenheiro José Domingos Ducati

Vítima de acidente de trânsito, o analista E.H.B.A., 25 anos, morador na Avenida 21, bairro América, noticiou na delegacia que ele trafegava com sua motocicleta Honda Titan 150, ano 2013,

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta