Operação da Força Tática prende três e aprende maconha, carro, revólver, 22 mil pinos e evita roubo a residência de comerciantes de joias
28 de julho de 2017 578 Visualizações

Operação da Força Tática prende três e aprende maconha, carro, revólver, 22 mil pinos e evita roubo a residência de comerciantes de joias

Uma perfeita operação elaborada e executada pelas equipes da Força Tática da cidade de Barretos, prendeu três indivíduos, evitou que uma família que comercializa joias fosse vítima de assalto e apreendeu dois quilos e setecentos gramas de maconha, um revólver calibre 32, um carro com placa adulterada, 22 mil pinos vazios que seriam utilizados para acondicionar cocaína e outros objetos relacionados a traficância.

Tudo teve início quando as equipes da Força Tática receberam a informação de que um indivíduo identificado como C.R.J., 22 anos, morador no bairro Christiano Carvalho, estaria articulando um plano de assalto a residência de uma família que comercializa joias em Barretos e para a prática do roubo ele estaria mantendo contato com dois indivíduos moradores em Guaíra, sendo um deles identificado como T.S.F., açougueiro, 22 anos, morador no jardim Paulista, sendo ele conhecido nos meios policiais como “Taunai”, enquanto o outro foi identificado como A.N.S., 28 anos, servente, morador na Rua 26 em Guaíra, e conhecido nos meios policiais como “Cirão”.

Os policiais trabalharam no caso a fim de descobrir a data e horário em que o roubo seria colocado em prática e após as descobertas destes detalhes, foi mantido contato com a família que seria vítima, sendo todos da casa orientados a deixarem o imóvel, que ficou vazio, até mesmo sem nenhum policial a fim de evitar algum tipo de confronto com os assaltantes.

Nas primeiras horas da manhã de sexta-feira os Militares da Força Tática, com o apoio da equipe do Canil, montaram operação de abordagem na Rodovia Assis Chateaubriand, mais precisamente entre um posto de combustíveis e a balança, quando então surgiu um veículo Fiat Siena, cor cinza, da cidade de Guaíra, que ostentava placa adulterada, sendo ocupado pelos indivíduos daquela cidade.

A abordagem foi rápida e eficiente, evitando qualquer tipo de reação dos ocupantes do Siena, que ao serem revistados foi encontrado em posse de “Taunai”, um pedaço de papel contendo a indicação de dois endereços, sendo que um deles se referia a “Claudim” e o outro se referia a “Irmão”.

No interior do carro foi encontrado embaixo do banco onde estava o A.N.S., um revólver calibre 32, marca Smith & Wesson, desprovido de munição, e no banco traseiro havia oito lacres (enforca gato), sendo encontrados ainda no porta malas do veículo, três tijolos de maconha que totalizaram peso de um quilo e meio de maconha.

De posse dos endereços encontrados com os indivíduos as equipes da Força Tática se dividiram e parte dela foi até uma casa de fundos, na Rua 12 de Outubro, porém o imóvel estava vazio e quando adentraram ao seu interior os policiais constataram que o local vinha sendo utilizado como estrutura para o refino de crack, sendo encontradas embalagens de drogas, uma balança de precisão e duas porções de maconha, que apresentaram peso de 480 gramas, um pino de cocaína, um liquidificador com resquícios de cocaína, uma faca de cozinha grande, também com resquícios de cocaína, um garfo de duas pontas, prato com resquício de drogas, peneira e 22 mil pinos utilizados para acondicionar cocaína, nas cores, preto, dourado, rosa e outros transparentes.

Também foi encontrado um Cartão Cidadão em nome de G.F.M. e cópias de rescisão contratual em nome desta mesma pessoa.

Já a outra equipe da Força Tática, sob o comando do Tenente Rodrigo e soldados Vieira e Juarez, foi até a Rua C-22 no bairro Christiano Carvalho e assim que lá chegaram foram vistos pelo indiciado C.R.J., que tentou empreender fuga, porém a equipe o deteve em pouco tempo, sendo encontrado com o mesmo um tijolo de maconha que apresentou peso de 700 gramas.

Com os três indivíduos presos os Policiais Militares se dirigiram até a DIG de Barretos, onde eles foram apresentados a equipe de investigação, assim como toda a droga, arma, pinos e demais objetos que foram apreendidos.

Em entrevista, o Tenente Rodrigo, da Força Tática, afirmou que “Os indivíduos já são conhecidos nos meios policiais e de acordo com as investigações, a ordem era o roubo ser realizado de qualquer maneira, usando inclusive de violência, como agressão ou coisa pior, se necessário fosse, porém com a ajuda da população que neste caso auxiliou a polícia com informações, nosso trabalho resultou nas prisões sem que ninguém sofresse qualquer tipo de violência”.

Na operação atuaram os Militares, Tenente Rodrigo Luiz, cabo Diógenes e soldados Vieira e soldado Juarez, do Tático Comando, Sargento Filgueira, cabos Rivas, Domingues e Santana do Tático 90, Sargento Uewerton e cabos Duarte Junior e Gonçalves do Tático 32 e cabos Joaquim e Anderson Arábia, da equipe do Canil.

Anterior Acidente entre carro e moto no bairro Derby Clube
Next Menor é apreendido traficando drogas no bairro Nova Barretos

Você pode gostar também

Colina

Homem morre em capotamento de veículo na cidade de Colina

Policiais Militares da cidade de Colina, cabos Gonçalves e Felici, estiveram no Plantão Policial de Barretos noticiando que foram solicitados pelo Copom para comparecerem a estrada Vicinal Emídio Polizeli, bairro

Policial

REGIÃO: Criminosos fazem estudante refém e a obrigam a participar de arrastão

Jovem foi rendida na Vila Tibério; além de ter de sacar R$ 1 mil, foi obrigada a dirigir para os ladrões Dois assaltantes fizeram uma estudante de 27 anos refém

Barretos

POLÍTICA: Deputado preso integra comissão que prepara novo Código de Processo Penal

Preso desde fevereiro, João Rodrigues não pode trabalhar na Câmara. Comissão especial analisa texto que propõe mudanças em ações penais e em investigações criminais. deputado João Rodrigues (PSD-SC), preso desde