No inverno seu amigo precisa de carinho e cama quente
29 de julho de 2017 716 Visualizações

No inverno seu amigo precisa de carinho e cama quente

O Norte paulista é uma região quente na maior parte do tempo. Assim como as pessoas, os pets que nasceram e moram aqui também estão acostumados ao calor e, quando as temperaturas despencam, mesmo que por somente alguns dias, o frio torna-se um castigo. Se seu amigo de pelos, penas e outras peles não é de origem de países onde o inverso é rigoroso, é importante tomar alguns cuidados para que ele fique bem.

Nestes dias frios, é preciso providenciar um abrigo quente e confortável seu pet. Alguns animais podem ser abrigados dentro de casa, mas há casos em que isso é inviável, principalmente quando o cão é grande ou não acostumado ao ambiente doméstico.

Neste caso, uma solução é providenciar um abrigo externo com alguns cuidados. É importante que ele não seja apertado demais, tenha cobertura e laterais resistentes. O animal deve conseguir ficar em pé em seu interior.

Veja se a porta do abrigo não está voltada para o vento e se, em caso de chuva, a entrada não ficará inundada. E, é claro, cuide para que seu interior esteja sempre limpo, seco e livre de odores fortes.

Alimentação
Comida e água merecem atenção especial. 

No inverno, os amiguinhos precisam de mais energia para manter o corpo aquecido. Se o animal passa boa parte do dia e da noite em áreas abertas, o ideal é que ele receba rações mais calóricas. Mas se na maior parte do tempo ele está dentro de casa, a alimentação deve ser mais controlada, pois ele tende a fazer menos exercícios. Consulte um veterinário e veja qual a quantidade e o tipo ideal de alimentação para que seu animal não perca muito peso nem fique obeso.

Mesmo no frio, a hidratação é fundamental. A água deve ser limpa e fresca. O recipiente não deve ficar dentro do abrigo do animal, para evitar que um derramamento acidental deixe a casinha molhada e esfrie o corpo do bichinho.

Outros cuidados

Muito cuidado na hora de sair com o carro. É comum que gatos e outros pequenos animais procurem fontes de calor para se abrigar, inclusive o motor de automóveis. É importante certificar-se que não há nenhum hóspede oculto sob o capô de seu veículo para evitar um acidente que possa machucá-lo ou até mesmo matá-lo. Isso pode ser evitado batendo no capô do veículo ou tocando a buzina algumas vezes, antes de dar a partida.

E não se esqueça: mesmo no frio, o calor do carinho do dono é sempre o mais importante para o bichinho. Não economize no tempo compartilhado com o pet. Seu amigo agradece.

Veja o vídeo:

Neste inverno ou em qualquer estação, é só escolher o look que mais combina com seu pet!Nossa gerente, Marisa, deu várias dicas no programa SBT e Você do SBT Interior! Confira!

Publicado por Multistok Petstok em Segunda, 24 de julho de 2017

 

Anterior Pescador é preso dirigindo carro com placa adulterada
Next Homem que matou a mulher em Alagoas e se escondia em Olímpia

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Saúde

REGIÃO: Rio Preto registra 1ª morte por H1N1 em 2018

Uma mulher de 51 anos é a primeira vítima do ano da gripe H1N1 em Rio Preto. A morte ocorreu na noite de ontem (13), e caso está sendo acompanhado

Saúde

BARRETOS: Secretária nega aplicação de doses vencidas

Após matéria do jornal Folha de São Paulo, divulgar uma lista de cidades que aplicaram doses vencidas de vacina Astrazeneca, entre elas, três supostos casos na cidade de Barretos, a

Saúde

SAÚDE: Alimentar Aedes com ‘Whey Protein’ e sangue bovino facilita manejo do mosquito, diz estudo

Nova dieta ajuda no desenvolvimento de bactéria que impede que o vírus da dengue se instale no organismo do Aedes. Pesquisa foi desenvolvida pela Fiocruz. Pesquisadores da Fiocruz desenvolveram uma

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta