Mulher registra queixa por calúnia
19 de julho de 2017 753 Visualizações

Mulher registra queixa por calúnia

Uma senhora de 55 anos, moradora no bairro Pereira informou na delegacia que ela estava em sua casa quando recebeu uma ligação em seu telefone fixo de um número restrito.

A vítima então atendeu ao telefone e uma pessoa com voz feminina disse a ela o seguinte: “Estou ti ligando para você me dar dois mil reais, se você não der, eu vou contar para o seu marido que o tio da Luana saiu de sua casa de madrugada”.

A vítima então discutiu com esta pessoa e desligou o telefone, porém logo em seguida a pessoa voltou a ligar e a filha da vítima atendeu ao telefone, ocorrendo outra discussão e em seguida ela também desligou.

Ocorre que a pessoa ligou pela terceira vez e então a filha da vítima atendeu dizendo que iria registrar um Boletim de Ocorrência, momento em que a pessoa desligou o telefone e não mais retornou.

Na delegacia a vítima informou que jamais saiu com algum tio de “Luana”, sendo orientada sobre prazo e trâmite para ofertar queixa crime.

Anterior Tratorista cai em golpe e perde R$400.00
Next Policíais da ROCAM apreendem moto que ostentava placa sem registro e numeração suprimida

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Barretos

BARRETOS: Após ser espancado por populares, homem é preso por furtar celular no Parque do Peão

Os Policiais Militares, soldados Garcia e Andrew, apresentaram preso no Plantão Policial o indiciado I.C.M.C., 39 anos, morador em Salvador, Bahia. Segundo consta, os Militares realizavam patrulhamento pelo interior do

Policial

BARRETOS: Enfermeira da UPA é presa em flagrante por furtar dinheiro dos pacientes que recebiam atendimento

Por volta das 17h50, os Policiais Militares, cabos Jacira e J. Antônio, foram acionados a comparecerem até a UPA para atenderem a uma ocorrência de furto, e quando lá chegaram,

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta