Mulher é encontrada nua e com sinais de violência física no bairro Alto Sumaré
13 de junho de 2017 3108 Visualizações

Mulher é encontrada nua e com sinais de violência física no bairro Alto Sumaré

No Plantão Policial estiveram as partes A.A.S., mulher, 44 anos, residente no bairro Monte Alegre e a Z.R.G.S., 35 anos, residente na cidade de Mogi Guaçu.

As duas informaram que são irmãs da vítima V.R.G.V., 37 anos, moradora na Rua Opala, bairro Alto Sumaré, e elas estavam preocupadas porque há cerda de dois dias a vítima V.R.G.V., não atendia as ligações, não respondia as mensagens no WhatsAPP e também ninguém tinha notícia de seu paradeiro.

Após o seu expediente no trabalho a declarante A.A.S., foi até a casa da vítima que quando lá chegou se deparou com uma ambulância do SAMU e duas viaturas policiais.

A vítima encontrava-se dentro da ambulância do SAMU para ser socorrida e em contato com as pessoas que ali estavam a declarante foi informada que sua irmã havia sido encontrada nua em cima da cama e estava com muita dificuldade para se comunicar, sendo informado ainda que ela gesticulava tentando dizer alguma coisa, mas ninguém conseguia entender.

A vítima foi levada para a Santa Casa e sua irmã também e dirigiu ao hospital, onde foi informada pelo médico que, a princípio, ele desconfiava que a vítima teria sofrido um AVC, pois parte do corpo estava todo paralisado.

Depois disso foi constatado que a vítima apresentava também hematomas por todo o corpo, além de um hematoma na região do olho direito, e que isso poderia ter sido em razão de alguma queda, todavia havia lesões nas

pernas, braços, cotovelos, costas e cabeça, além de um corte no pé que sangrava.

Diante desta situação as irmãs se dirigiram até a casa da vítima e observaram que a quina da parede do quarto em que ela foi encontrada estava quebrada a parede, o quarto estava todo revirado, a base da pia do banheiro estava quebrada e em conversa com três vizinhos que moram na frente as irmãs foram informadas que eles escutaram durante a madrugada da última quinta-feira, uma mulher gritando, mas não imaginaram que poderia ser a vítima.

Por fim foi informado pelas irmãs que a vítima tem um namorado, o qual é o dono da casa em que ela reside e que apesar da vítima ter sido vítima desta situação ele não apareceu no hospital para saber o que tinha acontecido, sendo que os familiares dele já tinham o conhecimento dos fatos.

Esclareceu a declarante que a vítima ficou internada na sala de emergência do pronto Socorro por não haver vagas na UTI, sendo submetida a exames.

O caso foi encaminhado ao setor de investigações.

Fonte: Mazinho Dias

Anterior Mecânico é vítima de tentativa de homicídio no bairro Oriente
Next Menores são detidos dirigindo armado na Rodovia Faria Lima

Você pode gostar também

Barretos

EMPREGO: VAGAS DISPONÍVEIS PARA SEGUNDA-FEIRA DIA: 02/07/2018

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO EMPREGO E RELAÇÕES DO TRABALHO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BARRETOS POSTO DE ATENDIMENTO AO TRABALHADOR   Estas vagas poderão sofrer cancelamento ou suspensão

Barretos

COLINA: Inconformado com separação, homem incendeia residência

  Policiais Militares da cidade de Colina, cabos Coradim e Gonçalves, informaram no Plantão Policial de Barretos que por volta das 10h40, eles foram acionados a comparecerem até um imóvel

Barretos

EMPREGO: VAGAS DISPONÍVEIS PARA AMANHÃ 10/02/2018

ATENÇÃO:  O ATENDIMENTO AS VAGAS DE EMPREGO SERÃO FEITAS EXCLUSIVAMENTE NO POUPATEMPO – LOCALIZADO AO LADO DO NORTH SHOPPING DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA: DAS 8H00 AS 17H00 E AOS SÁBADOS: