Motorista é feito refém e tem caminhão com 20 toneladas de peito de frango roubado
21 de agosto de 2017 695 Visualizações

Motorista é feito refém e tem caminhão com 20 toneladas de peito de frango roubado

Morador na cidade de Matão, interior de São Paulo, o motorista Danilo Ribeiro Silva, 34 anos, foi sequestrado e teve o seu caminhão carregado com 20 mil quilos de peito de frango, roubado por uma quadrilha no Posto Água Limpa em Barretos.

Informou o motorista que ele trabalha para uma empresa com sede na cidade de Itupeva, interior de São Paulo, e ele foi até a cidade de Nova Mutum, interior do Mato Grosso, e recebeu a carga que teria como destino a cidade de Duque de Caxias no Rio de Janeiro.

Ele seguiu viagem com uma carreta ano 2013, cor cinza, com placas da cidade de Chapecó, e ao chegar a Barretos resolveu pernoitar no Posto Água Limpa.

Por volta das 22h40, o motorista saiu do restaurante e se dirigia para o caminhão, quando foi surpreendido pelas costas por um indivíduo que lhe encostou algo, acreditando ele tratar-se de uma arma, e disse: “Colabora, a gente só quer a carga, e não olhe para a gente em momento algum”.

Foi determinado que o motorista adentrasse ao caminhão e deitasse na cama da cabine com uma tolha tapando sua cabeça.

A vítima percebeu que além do ladrão que lhe abordou, havia mais dois homens, pois, ouvia vozes, e estes indivíduos ficaram dentro do caminhão por cerca de 40 minutos.

Depois disso, eles conseguiram ligar o caminhão disseram que era para o motorista ficar tranquilo,e que eles iriam dar um passeio com a vítima, que ainda com a toalha cobrindo a cabeça, foi conduzido por um deles, até um carro de quatro portas, sendo colocado no banco de trás.

Eles transitaram com este veículo com a vítima na condição de refém por vários lugares, tendo o motorista percebido que um deles ficava falando em códigos no celular e o tempo todo eles mandavam a vítima ficar quieto que nada lhe aconteceria.

Acredita o motorista que os ladrões ficaram circulando com ele por cerca de uma hora e meia, até que pararam em um lugar, se calaram, e após cerca de 20 minutos o celular de um deles tocou e uma voz masculina do outro lado da linha disse: “Está liberado aqui, pode despachar o motorista”.

Novamente eles saíram com o carro até pararem uma fazenda no município de Jose Bonifácio, e já era dia quando eles desceram a vitima do veículo e o colocaram ajoelhado na terra, com as mãos para trás, dizendo que aguardasse 15 minutos naquela posição e após isso estaria liberado.

A vítima escutou quando o carro saiu do local, esperou um determinado tempo e depois tirou a toalha da face, quando então constatou que os ladrões realmente haviam ido embora.

Já era por volta das 16h, ele então caminhou por uma hora por uma estrada de terra até alcançar a Rodovia BR 153, onde conseguiu ajuda e manteve contato com a Polícia e com a empresa em que trabalha.

Além da carga, foram roubados os documentos e aparelho celular da vítima.

Anterior BARRETOS - ATUAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR DURANTE A FESTA DO PEÃO
Next Homem é morto por desconhecido com um tiro no peito dentro do Recinto da cidade de Colina

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Barretos

Furto em loja no centro da cidade

A gerente S.A.R.C., 50 anos, esteve no Distrito Policial informando que por volta das 13h, estava em sua casa em no horário de almoço de seu trabalho e em seguida

Barretos

MORTES EM BARRETOS HOJE 01/02/2018

NOME DIA IDADE SEXO CEMITÉRIO MARCELO LOURENÇO LEITE 01/fev 54 ANOS MASCULINO CEMITÉRIO MUNICIPAL INFORMAÇÕES: VELÓRIO MUNICIPAL

Policial

BARRETOS: Mecânico é agredido por desconhecido na via pública.

No Distrito Policial esteve o mecânico F.A.F., morador na Avenida 13, centro da cidade, informando que ele caminhava pela via pública, a caminho de casa, quando foi abordado por um

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta