Homem tem celular danificado por ex-mulher
27 de junho de 2017 532 Visualizações

Homem tem celular danificado por ex-mulher

Um homem de 39 anos, que se identificou como I.R.S., esteve na delegacia informando que ele estava em seu local de trabalho, no bairro Zequinha Amêndola, quando então, por volta das 18:35h, veio a deixar o seu aparelho celular sobre o balcão de atendimento junto com outros celulares de pessoas que frequentam o local.

Momentos depois a vítima foi até o balcão para fazer algumas anotações e observou que o celular não se encontrava mais onde ele havia deixado, constatando que o mesmo havia sido subtraído.

Por volta das 20:05h, chegou ao local a S.M.A., a qual é sua ex-esposa, e a mulher passou a promover escândalo e em seguida ela lhe devolveu seu aparelho celular com a tela toda quebrada, confessando ter sido ela quem danificou o aparelho, vindo a acusar a vítima de ter uma amante.

Por sua vez a vítima afirma que é legalmente divorciado, mas a mulher não aceita a separação.

O aparelho celular foi apreendido e encaminhado ao Instituto de Criminalística para constatar os danos.

Anterior Mais um caso Ladrão invade residência no Residencial Mais Parque e furta diversos objetos
Next Injuria e ameaça entre vizinhos no bairro Christiano Carvalho

Você pode gostar também

Policial

REGIÃO: Quadrilha faz família refém e leva caminhão carregado com motos zero km

Casal e filho de 7 anos foram trancados em banheiro de empresa durante roubo no Parque Anhanguera, zona Leste de Ribeirão Preto Um casal e o filho de 7 anos

Policial

BARRETOS: Moto é furtada no bairro Los Angeles

A vítima V.R.M.M., 26 anos, autônomo, informou no Plantão Policial que ele deixou sua motocicleta Honda Titan 125, ano 1997, cor cinza, devidamente estacionada em frente a sua residência na

Policial

REGIÃO: Motorista foge após capotagem com um morto e seis feridos em Restinga

Motorista perdeu o controle e capotou o veículo no acesso à Rodovia Cândido Portinari (SP-334). As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil. Uma mulher de 23 anos morreu