Homem diz ter sido agredido em seu local de trabalho
14 de julho de 2017 952 Visualizações

Homem diz ter sido agredido em seu local de trabalho

Um homem de 50 anos, que se identificou como J.P.P., morador no bairro Alvorada, esteve no Distrito Policial informando que trabalha em uma empresa no Distrito Industrial II, e ele estava em seu local de trabalho quando veio a discutir com o supervisor da empresa, a quem ele identificou como “Humberto”.

Ainda de acordo com a vítima, em meio a discussão o supervisor o jogou lhe agrediu, o jogando ao chão e depois lhe desferindo chutes, tendo a agressão cessado após a intervenção de outros funcionários.

Questionado sobre o porque da agressão a vítima disse que estava ajudando um novo funcionário a espalhar o concreto pelo chão e então o supervisor chamou a atenção deste funcionário porque não queria que o serviço fosse realizado daquele jeito.

No entanto a vítima e o novo funcionário continuaram a realizar os trabalhos, tendo o supervisor chamado a sua atenção por ter apoiado o funcionário novo.

Em razão disso a vítima cobrou do supervisor os salários atrasados e então o autor passou a lhe agredir.

Na delegacia a vítima foi orientada sobre prazo e trâmite para representar contra o autor.

Anterior Homem cai no golpe do celular premiado e perde quase 6 mil reais
Next Após roubo, dois homens são mortos em confronto com a Policia Militar de Bebedouro

Você pode gostar também

Policial

BARRETOS: Ladrão abandona carro em movimento e PM de Barretos recupera veículo roubado na cidade de Bebedouro

Policiais Militares da cidade de Barretos recuperaram na Rodovia Assis Chateaubriand, um veículo Hyundai Veloster, ano 2012, prata, o qual era produto de roubo na cidade de Bebedouro. Informaram os

Barretos

BARRETOS: Perturbação sossego no bairro Aeroporto

Um senhor de 62 anos, que se identificou como D.A.R. comerciante, morador na Rua 26, bairro Aeroporto, foi até o Distrito Policial e noticiou que perto de sua casa, mais

Policial

REGIÃO: Eletricista morre ao tentar colocar bandeira do Brasil em torre

Homem de 34 anos tinha o hábito de amarrar bandeira em dias de jogo; corpo dele foi enterrado nesta manã no Bom Pastor em Ribeirão Preto O eletricista Krisjefferson Balionis

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta