Governo anuncia que horário de verão será mantido em 2017
25 de setembro de 2017 519 Visualizações

Governo anuncia que horário de verão será mantido em 2017

Com a decisão, relógios devem ser adiantados em uma hora a partir do dia 15 de outubro nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, confirmou nesta segunda-feira (25) que o horário de verão será mantido em 2017. Com a decisão, os moradores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar os relógios em 1 hora a partir do dia 15 de outubro.

Desde 2008, o horário especial vigora até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte, que em 2018 será no dia 19 de fevereiro, quando os relógios serão atrasados em 1 hora.

O fim do horário de verão chegou a ser avaliado pelo governo depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia apontou queda na efetividade do programa, já que o perfil de consumo de eletricidade não estava mais diretamente ligado ao horário e sim à temperatura, com picos de consumo nas horas mais quentes do dia.

Entretanto, o país passa por mais um ano de chuvas fracas que reduziram o armazenamento de água nas represas das hidrelétricas e o governo vem adotando medidas para garantir a oferta de eletricidade, entre elas o aumento da importação de energia do Uruguai e início da importação da Argentina.

Diante desse quadro, mesmo que pequena a economia de energia proporcionada pelo horário de verão pode ajudar o sistema elétrico nacional.

O Ministério de Minas e Energia informou que, para 2018, o governo deve fazer uma pesquisa para decidir se mantém ou não o horário diferenciado nos próximos anos.

 (Foto: Arte/G1) (Foto: Arte/G1)

(Foto: Arte/G1)

O horário de verão

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então Presidente Getúlio Vargas. Sua versão de estreia durou quase seis meses, vigorando de 3 de outubro de 1931 a 31 de março de 1932.

O período de vigência do horário de verão é variável, mas, em média, dura 120 dias. Em 2008, o horário de verão passou a ter caráter permanente.

Anualmente o consumo de energia cai cerca de 0,5% durante a vigência do horário diferenciado.

Anterior Fuga do local de acidente no bairro Zequinha Amêndola
Next Adolescentes de 13 anos são detidos depois de agredirem Policial Militar com pedrada no rosto em porta de escola

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Saúde

Hackers invadem computadores do Hospital de Câncer e da Santa Casa e prejudica mais de 350 pacientes

Todos os computadores foram desligados ontem Terça Feira (27), o Hospital de Câncer de Jales e Fernandópolis  também  sofreu o ataque  cerca de 150 pacientes foram prejudicados em Jales e

Policial

Policia Militar localiza cocaína e maconha em terreno no Jardim Caiçara

Após receberem denúncia anônima de que havia um indivíduo traficando drogas em um terreno na Avenida 13 de maio, cruzamento com a Avenida Antônio Inácio Ribeiro, Jardim Caiçara, os Policiais

Primeira Página

ENERGIA: Governo estuda mudar regra de bandeiras e conta de luz pode ficar mais cara

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve discutir o assunto em reunião marcada para esta terça-feira   A permanência de um quadro de chuvas fracas e reservatórios baixos está

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta