Golpistas fazem troca de envelopes em agência bancária de Barretos e gera prejuízo de 1.000,00
5 de outubro de 2017 1792 Visualizações

Golpistas fazem troca de envelopes em agência bancária de Barretos e gera prejuízo de 1.000,00

As pessoas idosas tem sido os principais alvos de estelionatários que nos últimos dias tem aplicado cinco tipos de golpes nas vítimas que registraram ocorrência policial.

Em uma das formas de agir, os estelionatários abordam as vítimas, geralmente pessoas com mais idade, na porta das agências bancárias ou até mesmo no interior do banco, e se apresentam como funcionários, solicitando que a vítima mostre o seu cartão a fim de ser realizada qualquer verificação.

Acreditando ser um atendente, a vítima entrega o cartão e neste momento o estelionatário a distrai com qualquer conversa, vindo em seguida a lhe devolver o cartão, afirmando que está tudo certo.

Sem verificar o cartão a vítima o guarda e somente mais tarde, ou até mesmo dias depois, é que constata que o cartão que lhe foi devolvido não é o seu, tendo sido feita a troca pelo estelionatário que nesta altura já realizou transações indevidas na conta da vítima.

Em outro golpe a vítima recebe uma ligação de uma pessoa que pergunta a ela se ela sabe quem está falando, quando a vítima diz o nome de alguém (algum parente ou amigo) o estelionatário fala que ela acertou e então começa a conversar com a vítima se passando por esta pessoa e informando que está vindo para Barretos lhe fazer uma visita e que vai chegar em tal horário.

Momentos depois a vítima recebe uma nova ligação do estelionatário afirmando que quando estava chegando em Barretos o seu carro quebrou e ele precisa providenciar o conserto, mas o mecânico que o atendeu não recebe cheques e nem passa cartão, e neste momento o estelionatário passa para a vítima o telefone do falso mecânico e pede para a vítima pegar com ele o número da conta corrente para que a vítima faça o depósito referente ao conserto do carro e assim que ele (falso amigo ou parente) chegar em Barretos, acerta com a vítima, afirmando ainda não estar conseguindo fazer a transferência para a conta do mecânico através do celular.

Acreditando ser um parente ou amigo que precisa de ajuda a vítima entra em contato com o falso mecânico, toma conta da conta bancária, realiza o depósito e só depois se dá conta de que caiu em um golpe.

Também por telefone os estelionatários têm agido da seguinte forma em outro tipo de golpe; a vítima recebe uma ligação de uma pessoa que se passa por gerente se sua conta bancária e esta pessoa pergunta a vítima se ela realizou alguma compra (de alto valor) em qualquer grande loja de qualquer cidade.

Quando a vítima afirma que não, o estelionatário começa a agir alegando que provavelmente o cartão da vítima foi clonado e já de posse do nome e CPF da vítima ela afirma que será necessário o bloqueio do cartão para que a vítima não tenha mais compras indevidas em sua conta, afirmando que o valor que a vítima desconhece ter gastado será restituído, mas para isso são necessários alguns procedimentos, como a vítima lhe passar o número da conta, digitar sua senha, preencher de próprio punho um pedido de cancelamento do cartão e por fim, passar o seu endereço, pois um funcionário do banco irá até a casa da vítima buscar o cartão que deve ser cortado com uma tesoura, mas sem danificar o chip.

Ao atender todas estas solicitações e entregar o cartão ao falso funcionário do banco, a vítima é informada que deu tudo certo e que ela deve comparecer na agência em tal data para assinar uns papeis e retirar seu novo cartão.

Então, quando a vítima chega ao banco, constata o golpe e o prejuízo já está em sua conta.

Também tem sido registrado golpes em que os estelionatários ligam para a vítima (neste caso muitas vezes em empresas) e se apresentam como representantes de empresas ou clientes de outra empresa, afirmando que por um descuido próprio ou de outra pessoa, foi feito indevidamente um depósito (geralmente de alto valor) na conta da vítima e então ele solicita a compreensão da vítima e pede que seja feito o estorno.

A vítima confere sua conta bancária e no extrato constata que realmente foi feito um depósito de tal valor em sua conta, e as vezes sem esperar que o dinheiro seja liberado, a vítima já faz o estorno ao estelionatário, retirando de sua conta aquele valor e mais tarde sendo informada pelo banco que o depósito que constava em sua conta, na verdade foi feito com o envelope vazio, caracterizando o golpe.

E o mais recente caso registrado ocorreu dentro de uma agência bancária no centro da cidade, quando a vítima chegou com seu envelope para realizar um depósito no valor de R$1.000.00, ocasião em que uma pessoa ao lado solicitou a ajuda dela para realizar uma transação bancária.

Procurando ser solícita, a vítima deixou seu envelope em cima do terminal e vai prestar ajuda, ocasião em que o segundo estelionatário rapidamente troca o envelope da vítima por outro e deixa o banco.

Quando a vítima retoma sua transação, ela efetua o depósito com o envelope trocado, sendo que no último caso registrado em Barretos o envelope trocado tinha em seu interior uma nota de R$50.00 e papel picado.

Desta forma, as autoridades alertam para que as pessoas tenham muita atenção nas agências bancárias, e cuidado ao falar ao telefone com desconhecidos sobre seus dados bancários.

VÍDEO CEDIDO POR: MARCIO TAVARES:

Anterior Coordenador do MBL Barretos é excluído no grupo Barretos Que Ninguém Vê e afirma que informações são manipuladas
Next NOTICIAS POLICIAIS: POLICIA MILITAR em seis horas recuperou em Barretos dois carros roubados na região

Você pode gostar também

Policial

BARRETOS: Vítima tem celulares, cartão bancário, dinheiro e outros objetos furtados de sua residência

A vítima N.B.C., 41 anos, esteve na delegacia e noticiou ser proprietária de um imóvel na Avenida 05, bairro Rios, e ao chegar ao imóvel ela constatou que elementos desconhecidos

Policial

BRRETOS: Depois de tentar fuga, desempregado é preso por receptação

Os Policiais Militares sargentos Roberto e Almeida, prenderam pelo crime de receptação indiciado I.S.M.C., morador no Condomínio San Marino, bairro Luís Spina. Informaram os policiais que eles realizavam patrulhamento pelas

Policial

BARRETOS: Rapaz é atingido por tiros em frente à sua casa no Jardim Arizona

Um jovem de 21 anos, morador na Rua Temístocles Ferreira, e que foi identificado como B.V.C., deu entrada na Santa Casa de Barretos, vítima de disparos de arma de fogo.

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta