13 de setembro de 2017 0 1036 Visualizações

Exposição sobre diversidade sexual é cancelada após repercussão negativa

A mostra foi acusada de “blasfêmia”, “pornografia”, “imoralidade” e “apologia à zoofilia e pedofilia”. O cancelamento divide opiniões

Uma exposição no Santander Cultural de Porto Alegre foi cancelada neste domingo, 10, quase um mês antes do encerramento que estava programado para oito de outubro. Chamada “Queermuseu”, a mostra recebeu diversas manifestações negativas nas redes sociais e dentro do museu, o que acabou resultando na decisão por encerrar a mostra.

Com curadoria de Gaudêncio Fidelis, que foi curador da Bienal do Mercosul de 2015, a exposição tinha como mote a diversidade e as questões LGBT, aos moldes de exposições estrangeiras como  a Queer British Art (1861-1967), em Londres, na Inglaterra, e a Hide/Seek: Difference and Desire in American Portraiture, em Washington, nos Estados Unidos.

A mostra foi cancelada no último domingo, um mês antes do previsto, depois que os movimentos apontaram que a exposição fazia apologia à pedofiliazoofilia. Os movimentos também fizeram campanhas virtuais para que os correntistas do Banco Santander, que mantém o centro, cancelassem suas contas como forma de boicote.

A exposição reunia mais de 270 obras de 90 artistas e trazia nomes como Adriana Varejão, Nino Cais, Cândido Portinari e Alfredo Volpi. Segundo o Santander Cultural, as obras foram criadas para nos fazer refletir sobre os desafios que devemos enfrentar em relação a questões de gênero, diversidade e violência.

Uma das obras que causou revolta foi a que faz referência ao meme “Criança Viada”, conhecido e apreciado pela comunidade LGBT (imagem abaixo). ” Isso aqui é praticamente prostituição infantil”, diz um simpatizante dos movimentos contra a exposição em um vídeo que circula nas redes sociais. Porém, o significado atribuído pela curadoria é diferente. A obra “Travesti da lambada e deusa das águas”, de 2013, de autoria de Bia Leite, “desmascara o preconceito e a homofobia através de uma iconografia da cultura pop”, diz o curador no texto explicativo do catálogo da mostra.

Exposição Queer Museu no Santander Cultural em Porto Alegre (RS) (Reprodução/Facebook)

Confira outras imagens polemicas da exposição:

fonte: veja.abril.com.br e

Anterior Homem é vitima de roubo na Rua 22, bairro Fortaleza
Next Publicadas as regras para saque de contas do PIS/Pasep

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Últimas Notícias

BARRETOS: Homem é preso em flagrante furtando ferramentas do interior de veículo

Os Policiais Militares, tenente Luiz Neto e soldado Matheus, prenderam o indiciado W.O.V., 35 anos, morador no bairro Leda Amêndola, pelo crime de furto, sendo também apresentadas ferramentas elétricas, uma

Últimas Notícias

BARRETOS: Bairro Jardim Ramos e América ganham nova iluminação pública

A Prefeitura de Barretos, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, implantou mais uma importante melhoria para os Bairros Jardim Ramos e América – parte Baixa. Trata-se

Últimas Notícias

EMPREGOS: VAGA DISPONÍVEIS PARA AMANHÃ 27/03/2019

ATENÇÃO:  O ATENDIMENTO AS VAGAS DE EMPREGO SERÃO FEITAS EXCLUSIVAMENTE NO POUPATEMPO – LOCALIZADO AO LADO DO NORTH SHOPPING DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA: DAS 8H00 AS 17H00 E AOS SÁBADOS:

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta