Enfermeiro da UBS do bairro Zequinha Amêndola, registra queixa por desacato
1 de julho de 2017 1466 Visualizações

Enfermeiro da UBS do bairro Zequinha Amêndola, registra queixa por desacato

O enfermeiro J.C.B.N., 40 anos, esteve na delegacia informando que a J.A.R.M., 19 anos, chegou na UBS Dr. Lotfallah Miziara, no bairro Zequinha Amêndola, com seu filho de dois anos de idade para que a criança passasse por um atendimento médico.

De acordo com o enfermeiro a mulher chegou ao local alterada, afirmando que seu filho estava com febre e então foi realizada a ficha de atendimento e avaliação de risco e durante esta avaliação a mãe não deixou que fosse aferida a temperatura da criança.

O enfermeiro então insistiu dizendo que era necessário a aferição da temperatura da criança e caso fosse constatado que a criança estava com febre ela seria prontamente atendida.

Diante da negativa da mãe quanto a aferição, a avaliação não foi realizada, sendo então proferidos vários xingamentos por parte da mãe, sendo então acionada a Policia Militar.

Os Militares, cabos Brito e Lelis estiveram no local e solicitaram para que a mãe deixasse a criança ter sua temperatura aferida, e novamente a mãe negou deixar.

O enfermeiro então foi orientado a registrar a ocorrência por desacato, sendo o caso encaminhado ao setor competente.

Anterior Acidente entre carro e moto em rotatória na Avenida dos Maçons
Next Homem é ameaçado com faca por esposa no Jardim Caiçara

Você pode gostar também

Policial

BARRETOS: Idosa afirma que adolescentes jogaram bomba em sua residência

Na delegacia esteve o senhor R.C.A., 52 anos, noticiando que sua mãe, senhora A.H.B.A., 74 anos, reside na Avenida 9, centro da cidade, e que ela estava em sua casa

Barretos

NOTICIAS POLICIAIS: Localização e apreensão de objeto

A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial pelos Policiais Militares, cabo Michelle e soldado Vieira, tendo eles informado que foram solicitados a comparecerem até a Avenida 43, bairro Centenário, onde

Barretos

BARRETOS: Padeiro é agredido e ameaçado por homossexuais que ficam em frente a sua residência

Morador na Rua 46, bairro Alvorada, o senhor A.G.S., 56 anos, padeiro, Esteve no Plantão Policial e informou que em frente à sua casa havia vários homossexuais embaixo de uma

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta