15 de outubro de 2017 0 616 Visualizações

Confira 8 dicas para evitar o crime da ‘saidinha’ de banco

Orientações são do Comando do 13º Batalhão de Polícia Militar do Interior

 

Com o aumento da violência e dos casos de roubo na saída de bancos, o Comando do 13º Batalhão de Polícia Militar do Interior divulgou dicas de segurança contra roubos nas imediações de estabelecimentos bancários.

 

• Sempre que estiver sacando o dinheiro, observe se alguém que estava na fila saiu imediatamente para seguir você. Se isso ocorrer, não saia do banco e chame a polícia ligando para a delegacia mais próxima ou para o 190, a emergência da Polícia Militar;

• Caso você perceba, já fora da agência bancária, que há alguém lhe seguindo, volte de imediato para dentro do banco ou entre no estabelecimento comercial mais próximo e ligue para a polícia, dando todas as características da pessoa suspeita (roupa, tipo físico, cor, altura etc.);

• Evite manusear ou contar dinheiro nas ruas ou em público. Seja discreto, faça em local reservado; na hora de sacar quantias altas, dê preferência a outras maneiras de retirar o dinheiro do banco, como cheques administrativos. Caso seja preciso levar a quantia em espécie, procure fazê-lo na mesa do gerente do banco de sua confiança e num local que não seja visível a estranhos. Tente retirar o valor aos poucos, assim não ocorrerá o risco de perder tudo se for assaltado;

• Bolsas e sacolas devem ser carregadas junto ao corpo e na frente, jamais conte dinheiro nas portas das agências bancárias e evite fazer os mesmos trajetos ao sair. Muitas vezes, as pessoas deixam o banco distraídas, pegam o dinheiro e vão direto para casa ou carro. Em vez disso, deveriam entrar em alguma loja perto, como forma de despistar e também de observar se estão sendo seguidas;

• Não leve consigo grande quantia de dinheiro, funcionários de empresas responsáveis por apanhar valores para pagamento de salários também devem evitar fazer sempre o mesmo percurso ao sair do banco. Para servidores, aposentados e pensionistas a recomendação é não retirar integralmente seus recursos nos dias de pagamento, quando os bancos são mais visados;

• Evite utilizar joias e adornos de grande valor, evite também colocar muitas notas e moedas no bolso, fazendo volume e chamando a atenção de espertalhões. E não saia do banco carregando um envelope contendo dinheiro;

• Após o saque, o cliente jamais deve sair a pé ou entrar em um ônibus. A preferência é usar um carro, ou pegar um taxi. Além de, é claro, ficar atento às motos que circulem pelo local. Muitos desses assaltos são praticados por bandidos utilizando motocicletas;

• Caso seja abordado, jamais reaja! É muito comum o roubo ser praticado com outros criminosos fazendo a “cobertura” em locais estratégicos, em relação a quem anuncia o “assalto”, procure imediatamente um policial mais próximo da área ou ligue para o 190.

Anterior DISFARÇOU E A POLÍCIA PEGOU: Policiais Militares localiza porções de maconha na Avenida 39
Next RESULTADO DO CAMPEONATO VARZEANO DOMINGO 15.10.2017

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Primeira Página

Detran.SP: Dez atitudes que fazem você perder a CNH sem chegar aos 20 pontos

Alerta sobre infrações que levam, sozinhas, à suspensão da Carteira Nacional de Habilitação   Desde o último dia 1º de novembro, estão valendo as novas regras do Código Brasileiro de

Primeira Página

Adolescente de 17 anos é vítima de Lesão Corporal

No Plantão Policial estiveram os Militares, cabo Sichinelli e Paulino, informando que foram acionados pelo COPOM a comparecerem até a Rua Alcino Abdala, bairro Zequinha Amêndola, pois segundo denúncia, algumas

Primeira Página

BARRETOS: Minerva Foods ajuda famílias através do Instituto O Amor

A Minerva Foods realizou a doação de dezenas de cestas básicas para o Instituto O Amor, de Barretos. As cestas foram destinadas a atender as necessidades de 40 famílias moradoras

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta