BARRETOS: Professor nega ter protocolado  requerimento com DENÚNCIA na Câmara Municipal e  afirma que assinatura em documento é FALSA
9 de fevereiro de 2019 899 Visualizações

BARRETOS: Professor nega ter protocolado requerimento com DENÚNCIA na Câmara Municipal e afirma que assinatura em documento é FALSA

Na delegacia esteve o professor M.D.M., 44 anos, morador no centro da cidade, noticiando que ele tomou conhecimento de que no dia 06 de fevereiro, foi protocolado um requerimento na Câmara Municipal de Barretos, onde foi usado o seu nome, Título de eleitor e CPF, fazendo denúncia sobre movimentação de valores em que o vereador Luiz Humberto de Campos Sarti-Kapetinha-, declarava em seu Imposto de Renda.

Ocorre que, segundo o professor, ele não protocolou e desconhece este requerimento que leva o seu nome, informando ainda que sua assinatura foi falsificada.

Ao final o professor confirmou ter dado entrada em vários requerimentos na Câmara Municipal, porém, nega que este tenha sido de sua autoria.

O caso foi encaminhado ao setor competente.

Anterior BARRETOS: Dano e perturbação de sossego no bairro Zequinha Amêndola
Next BARRETOS: Populares prestam socorro a idoso e ladrão de carteira é preso no centro

Você pode gostar também

Policial

REGIÃO: Colisão de dois carros deixa um ferido

Acidente aconteceu no cruzamento entre as ruas XV de Novembro e Tiradentes Um GM/Celta e um VW/Jetta bateram no cruzamento entre as ruas XV de Novembro e Tiradentes, no Centro

Policial

BARRETOS: Casal é preso com drogas, balança e quase 20 mil em dinheiro no bairro Santana

Policiais Militares, cabos Rodrigo, Rodrigo Ribeiro e soldado Garcia, prenderam pelo crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas, os indiciados L.F.L.P., 37 anos, morador na Avenida

Policial

Homem é preso furtando roupas de cachorro em pet shop

No Plantão Policial estiveram os Militares, cabos Isabel e Ledivaldo, informando que eles se encontravam em um estacionamento de um supermercado, na Avenida Centenário da Abolição, atendendo a uma ocorrência,

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta