Após ser agredido com pauladas nos “Predinhos”, homem morre em sua residência no bairro Nogueira
13 de junho de 2017 3216 Visualizações

Após ser agredido com pauladas nos “Predinhos”, homem morre em sua residência no bairro Nogueira

A Policia Civil de Barretos foi acionada a comparecer até a Avenida Coronel Manoel Martins, no bairro Nogueira, onde familiares da vítima Paulo Cesar Pereira Veloso, 38 anos, anunciaram que o mesmo estava caído no chão de seu quarto, aparentando estar morto.

Quando os policiais lá chegaram, a equipe do SAMU já se encontrava na residência e o médico já havia constatado o óbito, estimando que a vítima teria falecido entre três ou quatro horas antes.

A vítima estava caída no chão de seu quarto, próximo a cama e apresentava sinais de agressão física em todo o seu corpo e também na cabeça.

Familiares da vítima informaram aos policiais que o mesmo era usuário de drogas, especificamente crack, e que nos últimos três meses uma pessoa identificada como J.P.S., 34 anos, estava residindo na casa, dormindo no quarto junto com a vítima e na última sexta feira ele e a vítima saíram de casa sem informaram para onde estavam indo.

Horas depois a vítima retornou para casa sozinho e ele gritava de dor, sendo perguntado entre as 3 e 4 horas da madrugada, se ele desejava de ajuda, porém ele respondeu que não.

Questionado sobre o paradeiro do J.P.S., a vítima deu com os ombros (em sinal de não saber, continuando a gemer de dor.

Em seguida a vítima se trancou sem eu quarto e através de um buraco na porta seus pais visualizaram quando ele fez uso de drogas, tendo os familiares observado seu estado até a madrugada de domingo quando ainda o ouviram roncar.

Por volta das 6 horas o silencio pairava no quarto e horas depois, como a vítima não saia do quarto os familiares desconfiaram que tivesse acontecido alguma coisa, ocasião em que decidiram entrar no quarto e o encontraram caído próximo a cama.

No interior do quarto os familiares encontraram o RG do J.P.S. e junto com ele havia uma conta de água, ocasião em que os policiais foram até o

endereço que constava no talão, vindo a encontrar como J.P.S. no endereço que lá constava.

Questionado sobre os fatos, J.P.S. afirmou que ele e a vítima haviam sido agredidos por um traficante nos “Predinhos”, mais precisamente no Bloco 19, tendo o Paulo Cesar sido atingido com pauladas em sua cabeça, inclusive sendo apresentado um moletom caqui com manchas de sangue que foi alegado ser da vítima e que teria sido usado par alimpar seus ferimentos na cabeça e na face.

Sobre o agressor, J.P.S., afirmou que se trata de um indivíduo entre 17 e 20 anos, o qual trafica drogas nos “Predinhos”, tem entre 1.70 e 1.75 de altura, magro, cabelo castanho escuro, tipo ondulado, usando corte raspado nas laterais e que no dia da agressão fazia uso de calça jeans, blusa de frio, boné, sempre usa tênis e ele já viu este indivíduo em outras oportunidades nos “Predinhos”, sendo que ele trafica drogas somente a noite naquele local, acrescentando ainda que já foi agredido por este indivíduo em outra oportunidade, sendo capaz de reconhece-lo, caso o veja novamente.

A Policia Civil está investigando o caso.

Fonte: Mazinho Dias

Anterior Acidente entre moto e caminhonete no centro da cidade
Next Mecânico é vítima de tentativa de homicídio no bairro Oriente

Você pode gostar também

Barretos

BARRETOS: Comerciante denúncia furto em sua mercearia no Residencial Mais Parque

Proprietário de uma mercearia no Residencial Mais Parque, o comerciante G.C.S.T., 20 anos, esteve na delegacia informando que dias atrás ele constatou que seu estabelecimento havia sido invadido, inclusive sendo

Policial

BARRETOS: Menor é detido por traficar drogas no bairro Ibirapuera

O adolescente B.H.R., 16 anos, foi apresentado no Distrito Policial pelos Militares, cabos Jacira e Ávila, tendo em vista o menor ter sido surpreendido comercializando drogas para outro adolescente. Informaram

Policial

REGIÃO: Bebê de dez meses morre carbonizado durante incêndio em residência

Mãe teria saído para comprar leite e deixado os três filhos em casa Um bebê de dez meses morreu carbonizado em um incêndio no bairro do Cervezão, em Rio Claro,