Aluno ameaça professora porque queria saber nota que tirou na prova
24 de junho de 2017 3185 Visualizações

Aluno ameaça professora porque queria saber nota que tirou na prova

No Distrito Policial esteve uma professora de 39 anos, que se identificou como D.P.S. informando que atua em uma escola da rede pública estadual no bairro Christiano Carvalho e que por volta das 7:30h, um aluno dirigiu-se a ela exigindo que a professora lhe mostrasse a nota de uma prova.

Segundo a professora, trata-se de uma prova de avaliação promovida pelo Governo do Estado de São Paulo.

A professora respondeu ao aluno que no momento oportuno ela lhe mostraria a nota, ocasião em que o aluno passou a exigir que a nota lhe fosse mostrada naquele momento, algo que a professora não fez.

Neste momento o aluno disse para a professora que se ela lhe atribuísse nota vermelha ele iria lhe bater, afirmando ainda que o aluno a ofendeu com palavra grosseira e por fim disse que lhe daria “um couro”.

Na delegacia a vítima foi orientada sobre prazo e trâmite para ofertar representação.

Fonte: Mazinho Dias

Anterior Furto em residência no jardim Soares
Next Mulheres foram vítimas de agressão no bairro São Francisco

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/4/97/12/agazetadebarretos/public_html/wp-content/themes/trendyblog-theme/includes/single/post-tags-categories.php on line 7

Você pode gostar também

Policial

BARRETOS: Equipe do Canil apreende menores, tijolos de maconha e outros objetos suspeitos

Policiais Militares que integram a equipe do Canil apreenderam tijolos de maconha, relógio e bicicleta, além de apresentarem dois adolescentes acusados de envolvimento com tráfico, furto e receptação. Segundo consta,

Policial

REGIÃO: Bancário é preso com ecstasy e maconha

A droga estava embaixo da cama O bancário Jean Carlos de Carli, 22 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira, dia 21, com trinta comprimidos de ecstasy, porções de maconha

Primeira Página

Homem cai no golpe do celular premiado e perde quase 6 mil reais

O auxiliar de serviços gerais, senhor J.D.C., 54 anos, morador no bairro Bela Vista, esteve no Distrito Policial noticiando que ele recebeu uma ligação telefônica de uma pessoa que se

0 Comentário

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Você pode gostar também Comente sobre esta notícia.

Deixe uma resposta